20/05/2024 às 17h01min - Atualizada em 20/05/2024 às 17h01min

Nova Era conquista o primeiro lugar no ranking ABAD/Nielsen 2024, como o maior atacadista do Amazonas e da região Norte

 
 
O Superatacado Nova Era conquistou o primeiro lugar no ranking ABAD/Nielsen 2024, como a maior rede atacadista e de distribuição do Amazonas e da região Norte, pelo terceiro ano consecutivo. O Nova Era segue na quarta posição entre os maiores do Brasil na modalidade Atacado de Autosserviço.
O ranking, divulgado nesta semana, é organizado pela Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores (Abad), em parceria com a consultoria NielsenIQ. Levou em consideração o faturamento das empresas no ano base 2023.
O presidente do Grupo Nova Era, Luiz Gastaldi, destaca o trabalho afinado da equipe, os investimentos em novas tecnologias, produtos e serviços, além da forte relação de confiança construída com os clientes, como fatores fundamentais para o sucesso alcançado pela rede.  
Além de Manaus/AM, onde tem 13 unidades, o Nova Era também está presente em Porto Velho/RO, com mais quatro, e em Boa Vista/RR, com duas. O grupo do qual faz parte conta também com as marcas Barato e Pronto e Pátio Gourmet, além de lojas de autosserviço e empreendimentos na área financeira.
Setor Atacadista no Brasil
De acordo com a pesquisa ABAD/Nielsen 2024, o setor atacadista distribuidor brasileiro fechou 2023 com faturamento de R$ 403,9 bilhões, a preço de varejo, o que representa crescimento nominal de +10,9% e real de +6,28% com relação ao ano anterior, sendo descontada a inflação oficial pelo IPCA de 4,62%.  
Esse faturamento representa aproximadamente 52,5% do mercado geral de consumo (que cresceu +9,7% e chegou a um total estimado em R$ 769 bilhões), melhor marca desde 2019, cenário pré-pandemia, quando o percentual atingiu 53%.

Além dos dados nacionais, a pesquisa divulgou os números por estado, bem como a relação das 10 maiores empresas do setor em cada estado e em cada região. No Amazonas e na lista das Top 10 da região, o Superatacado Nova Era ficou em primeiro lugar, com faturamento de R$ 2,3 bilhões. 
Conforme a pesquisa, o setor na região Norte como um todo responde por faturamento de R$ 19,79 bilhões, dos R$ 258 bilhões apurados pelos respondentes do ranking (ou 7,67% desse total), com crescimento de 5,43% em relação a 2022. Desse total, o Amazonas contribuiu com R$ 6,39 bilhões, um crescimento de 5% sobre 2022.
O estudo do Ranking ABAD/Nielsen é realizado desde 1994 e tem o objetivo de fazer uma radiografia do setor, com informações relevantes para os planos estratégicos e investimentos das empresas atacadistas e distribuidoras e da indústria.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://cenacultural.com/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp