20/05/2024 às 15h28min - Atualizada em 20/05/2024 às 15h28min

Streaming amazônico inova com inteligências artificiais e interatividade

Após 3 anos fortalecendo o cenário audiovisual da Amazônia, startup Sonoraplay muda de nome, anuncia novas tecnologias integradas e mira o interior da Amazônia

A startup Sonoraplay, primeira plataforma focada na produção audiovisual independente da Amazônia, passou por mudanças e agora anuncia novo nome, novas ferramentas para produtores audiovisuais e artistas e nova experiência para o público. Esta semana, a startup põe no ar a sua nova plataforma, o Muvieplay, com inteligência artificial e acesso grátis para o público. 

Com foco principal na disseminação audiovisual na Amazônia, o Muvieplay renasce gratuito, com espaço para o produtor de conteúdo e anunciantes disponibilizarem conteúdos diretamente na vitrine; com catálogo especial para o interior do Estado e para os viajantes regionais e com o Estúdio Interativo, ferramenta que integra interatividade aos vídeos, abrindo novas possibilidades para o produtor explorar, como itens clicáveis no meio do vídeo e até mesmo uma loja integrada. 

Outra novidade do Muvieplay, é a abertura de mercado com foco nos games online desenvolvidos no Amazonas. “Há um mercado gigante de jogos no Estado. Estamos buscando esses desenvolvedores para disponibilizar games online, protótipos em iframe diretamente no catálogo do streaming. Isso faz com que a Muvieplay se torne mais um marketplace de entretenimento regional”, comenta Raquel.

 

Autonomia de gestão

No novo Muvieplay, o produtor é cada vez mais autônomo. Ele poderá se cadastrar, enviar seus filmes, shows, videoclipes, documentários, podcasts e jogos online diretamente no dashboard do produtor. O conteúdo passará por uma curadoria e será liberado direto na vitrine. “Isso é uma novidade. Nossos produtores poderão fazer o upload direto para streaming. Isso faz com que o catálogo esteja sempre em movimento”, diz Raquel Omena, CEO do Muvieplay. 

O mesmo sistema é replicado para os anunciantes. Eles terão espaço para submeter seus vídeos de 30 segundos e personalizar o alcance, como já acontece nas redes sociais como Facebook, Instagram e Youtube. “As coisas mudaram. Estamos lançando uma plataforma completa para apoiar, fomentar, inovar e impactar negócios na Amazônia, com foco em conteúdo”, explicou a CEO. 

 

Muvieplay

Raquel explica que a mudança de nome, de Sonoraplay para Muvieplay, passou a fazer mais sentido pela estratégia de dar mais amplitude ao ‘core business’ da empresa. “Nosso foco é dar aos conteúdos amazônicos maior amplitude e criar um movimento forte a partir do Norte, enfatizando mais essa variedade de conteúdos, que vai de filmes, vídeos e música, até podcasts criados na região”, explicou.

 

Interatividade

Além de um dashboard para o produtor submeter seus vídeos diretamente no streaming, a versão web do Muvieplay também terá um Estúdio Interativo, onde ele poderá explorar tanto a ferramenta de interatividade, quanto a inteligência artificial do Muvieplay, que pode ajudar na criação de roteiros para a história, o que pode gerar novos ganhos aos produtores e melhorar a experiência do público.

Atualmente, o Muvieplay absorveu o catálogo construído pelo Sonoraplay, que conta com mais de 300 conteúdos, entre filmes, videoclipes, shows e documentários, que podem ser acessados e desfrutados pelo público gratuitamente pela plataforma web (www.muvieplay.com) ou baixando o web app (https://muvieplay.com/?pswutlzoq=install). 

A previsão da plataforma é lançar os aplicativos de smartv e smartphones no proximo mês de junho para os sistemas IOS e Android.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://cenacultural.com/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp